Própria/SE

O Baixo São Francisco se liga aqui!

Previous slide
Next slide

Laércio comemora a avaliação de Sergipe como nova fronteira de produção de petróleo e gás

Em entrevista à Rio FM nesta segunda-feira, 10, o deputado federal Laercio Oliveira comemorou o posicionamento da Petrobras sobre o projeto Sergipe Águas Profundas (SEAP), como empreendimento sendo a “nova fronteira de produção de petróleo e gás do país”.

Com a publicação, a companhia confirma os investimentos anunciados em seu plano estratégico quinquenal, estabelecendo o início da produção para 2026. “A partir da enorme oferta de gás que teremos em Sergipe e com o arcabouço criado pela nova lei do gás que tive o previlégio de relatar, Sergipe terá condições de dar um salto de desenvolvimento. Dependia de mim fazer uma lei que fosse aplicável às necessidades do Brasil e Sergipe. E agora iremos colher os frutos desse trabalho. A redenção de Sergipe, que tanto defendi durante a tramitação da lei, agora começa a se tornar realidade”, afirmou o deputado.

No anúncio, a Petrobras informou que “com  reservas substanciais e um horizonte de produção promissor, o projeto é consistente com a nossa estratégia de focar em ativos em águas profundas com elevado potencial de geração de valor, resiliente a cenários de baixos preços de petróleo e com baixa emissão de carbono por barril produzido”, destaca um trecho do posicionamento. Ainda segundo a publicação, “os investimentos da Petrobras nessa nova fronteira abrirão uma série de oportunidades para a indústria e, como consequência, ampliarão a geração de empregos, impostos e tributos na região”.

Laércio comemora a avaliação de Sergipe como nova fronteira de produção de petróleo e gás

“O trabalho com a lei do gás não foi fácil e sabíamos que os resultados não seriam imediatos. Alguns apressados imaginavam que no dia seguinte à sanção da lei já seriam colhidos os resultados. Estamos ainda construindo o novo mercado de gás natural, aberto, dinâmico e competitivo. Estou muito motivado com a perspectiva de futuro, que é atração de indústrias para consumir o gás natural a ser produzido na costa de Sergipe com geração de milhares de empregos e renda no nosso estado”, afirmou o parlamentar.

O deputado rebateu ainda críticas de pessoas que não querem a atração de investimentos externos quando o assunto são os campos maduros de Carmópolis. “A verdade é que a Petrobras está avançando em um novo projeto. O mundo hoje é totalmente integrado. A saída da Petrobras dos Campos terrestres do Polo Carmópolis abre espaço para investimentos privados do grupo espanhol Cobra, através da Carmo Energy, que trarão reflexos positivos vem para o estado, os municípios e o povo, com aumento de produção dos campos maduros”, observa o deputado. Ele lembrou ainda do caso da Unigel, que ele tanto defendia, mas que ninguém acreditava nessa transformação que a região de Laranjeiras está vivenciando hoje.

O apresentador André Barros elogiou as ações do deputado e as consequências positivas da nova Lei do Gás. “Nossa bancada precisa de mais de laercios. Precisamos eleger pessoas como Laércio que tem o foco no estado e não somente em interesses próprios. As pessoas veem o parlamentar como uma pessoa que muito trabalha e traz inovações para Sergipe”, disse.

Por Carla Passos

 

Home

Deixe uma resposta

MAIS LIDAS

IMG-20240601-WA0616
Mulher Mais Velha do Mundo é Descoberta em Japoatã-SE
Screenshot_2024-06-18-21-33-44-379_com.instagram
TRE-SE Mantém Multa a Pré-candidato a prefeito de Malhada dos Bois, Fábio Nunes por Divulgação Irregular de Pesquisa
Screenshot_2024-06-18-16-03-28-297_com.instagram
Neudo Alves Recebe Amigos e Lideranças Políticas em um dos Maiores Festejos Juninos de Cedro de São João
justica-juiz-1024x683
Justiça Eleitoral Suspende Divulgação de Pesquisa em Muribeca
IMG-20240527-WA0461
Escuta Pública Debate Implementação da Política Nacional Aldir Blanc em Propriá
Rolar para cima